Etiqueta: Amor

Tempo para não perder

Amar é o não ter tempo. Não ter tempo para perder. Não ter tempo para desculpas ou faltas de vontade. Amar é não saber se se está pronto (nunca se está), mas mesmo assim arriscar. É não ter tempo para dúvidas e hesitações – quem ama não hesita e muito menos tem tempo para dúvidas.…

Por Rita Leston 12 de Dezembro, 2021 0

Entretanto

E no entretanto? No entretanto, vão-se passando os dias. Buscam-se alegrias nas coisas mais insignificantes. Procuram-se sorrisos e escondem-se tristezas. Ocupa-se o tempo e a mente. Trocam-se as voltas aos dias e o sentido às noites. Vive-se em (des)compasso de espera. Vive-se nas horas mortas e sobrevive-se no dia-a-dia. Enganamo-nos a nós e ludibriamos o…

Por Rita Leston 8 de Dezembro, 2021 0

Do you remember?

E o que é que, hoje, te faz estar vivo? O que é que te acelera, hoje, o coração? O que, agora neste preciso momento, te dá vontade de correr e agarrar? Sabes? Lembras-te do que é uma vontade urgente? O que é que, hoje, te faz correr o sangue nas veias? O que é…

Por Rita Leston 24 de Novembro, 2021 0

Fazes-me rir!

Fazes-me rir! Fazes-me rir com vontade logo ao acordar. Fazes-me rir só porque sim. Colocas-me um riso na alma e no mais profundo de mim. Fazes-me rir quando sei o teu riso endiabrado. Fazes-me rir quando me trazes o teu lado de miúdo. Colocas um sorriso nos meus olhos. Colocas o riso dentro do meu…

Por Rita Leston 22 de Novembro, 2021 0

Dias. Assim.

Dias em que apetece calar o mundo. Baixar o volume de tal forma para que ele não faça qualquer som, nem te devolva qualquer eco. Dias em que te apetece parar o mundo. Dizer para ele parar de rodar, colocá-lo em pausa e fazer com que nada, nem ninguém se mova. Dias em que te…

Por Rita Leston 15 de Novembro, 2021 0

Amo como o mar

Amo como as ondas do mar. De uma forma revolta e sem volta. Ou numa calmaria que arrepia. Amo como o mar. De maneira intensa e desassossegada. De maneira que nem pensa e cadenciada. Amo como se vê o mar. De um modo infindo e infinito. De um modo imenso e sereno. Amo como se…

Por Rita Leston 14 de Novembro, 2021 0

Por dentro. De dentro.

É este o teu poder: tocares-me sem sequer me tocares. Teres a capacidade de me arrepiar ao longe. De me inebriar com um abraço. De me desinquietar quando me olhas com um sorriso. De me leres a alma quando me olhas nos olhos. De me desassossegar só por te tocar. De me sossegar só por…

Por Rita Leston 11 de Novembro, 2021 0

Acreditar ou ter juízo?

Acreditas que tudo acontece por uma razão? Que o que é teu, teu será? Que o que te está destinado, já está à tua espera? Que aquilo que tens de passar, é para aprenderes a lidar com algo que ainda há-de chegar? Que é isso que te forma, que te ensina, que te faz crescer,…

Por Rita Leston 9 de Novembro, 2021 0

Unos

Unos. Parte de um só. Porque amor unilateral não faz sentido. Porque sozinhos a vida segue, mas não avança. Porque sem o outro estamos incompletos. Sem o outro estamos ausentes do que precisamos. Presentes num tempo que não é o nosso. Juntos complementamos o espaço que falta no outro. Entrelaçamos quereres e juntamos vontades que…

Por Rita Leston 6 de Novembro, 2021 0

Tu és o meu sítio.

E, contigo, eu estou em casa. Contigo eu estou no meu sítio. Tu és o meu local confortável. Onde me sinto protegida e invencível. Onde nada de mal acontece. Onde o escuro é confortável e não assusta. Onde o frio não entra e de onde o sorriso não sai. Onde a chuva faz cócegas e…

Por Rita Leston 5 de Novembro, 2021 0