Sonho-te. Sempre.

Sonho-te. Sempre.

30 de Maio, 2021 0 Por Rita Leston

Sonho-te todos os dias. Sonho-te ao acordar, na penumbra da manhã, quando ainda não abri os olhos e as ideias não estão arrumadas. Sonho-te quando acordo e sei que me deixaste o teu amor para acompanhar o meu dia. Sonho-te quando sei que faço disparates que irias reprovar. Sonho-te quando o frio aperta, eu não tenho casaco, e tu não estás para reclamar. Sonho-te quando tenho dúvidas e tu lá estás para me elucidar. Quando tenho medos e tu os decides afugentar. Sonho-te quando olho o mar e me falta a mão para me agarrar. Sonho-te quando olho a lua e conto as estrelas. Sonho-te quando sei que acreditas em mim mais do que eu própria. Sonho-te quando me apetece partilhar contigo as coisas simples do dia.

Sonho-te todas as noites. Sonho-te quando o cansaço chega e o mundo já dorme. Sonho-te quando o teu abraço seria aquilo que me faria descansar. Sonho-te quando me recordo do sabor do nosso beijo. Da força do nosso amor. Sonho-te nos nossos olhos fechados. Sonho-te nas nossas conversas infindas e nos silêncios cúmplices e esclarecedores. Sonho-te no consciente escuro da noite e no atordoado do adormecer.

Sonho-te nas mais pequenas coisas do meu dia. Sonho-te naquilo que é realmente importante.

Sonho. Tanto.
Sonho-te. Sempre.
Sonho-nos. Ainda.

Rita Leston. E Então?