Feliz a vida toda

Feliz a vida toda

11 de Abril, 2021 0 Por Rita Leston

Sou feliz todos os dias, mas, ao fim-de-semana, tenho mais tempo para dar por isso e para fazer por isso. Ao fim-de-semana tenho tempo para saborear o tempo e para amar mais perto quem está por perto. Ao fim-de-semana tudo é mais devagar e leve. Mais terno e lento.

Sou feliz todos os dias e faço sempre por gostar do meu dia-a-dia e da minha rotina. Faço por esquecer o que menos gosto e por não guardar o que não é bom de guardar. Tento continuar a sorrir, mesmo nos dias em que não me apetece. Tento continuar em frente, mesmo nos dias em que a vontade parece que não aparece.

Sou feliz todos os dias, mas, ao fim-de-semana, tudo é mais simples. Ao fim-de-semana, faço só o que quero e nem me importo de acordar cedo, porque, ao fim-de-semana, eu cedo e concedo. Ao fim-de-semana, o ritmo sou eu que o decido e a melhor decisão é a certeza da indecisão da vontade.

Ao fim-de-semana, eu amo mais. Eu vivo mais. Eu quero mais.
Sou feliz todos os dias. Mas, ao fim-de-semana, abuso.

Rita Leston. E Então?