O peso de uma só hora

O peso de uma só hora

28 de Março, 2021 0 Por Rita Leston

Eu sei que foi só uma hora, mas, a mim, parece que me roubaram quase um dia inteiro!

Quando dei por mim fui deitar-me já de madrugada e cheia de culpa por ter ficado a trabalhar até tão tarde e nem me lembrar de que a hora ia mudar, não fosse o PC actualizar automaticamente.  Quando dei conta, acordei quase à hora de almoço e já não existiu manhã para fazer nada.

Pus-me a arrumar uns fundos de gaveta que tenho em casa e, só quando reclamaram de fome por aqui, dei conta de que passava das nove horas e nem jantar tinha feito e lá teve de ser improvisado um fast food domingueiro – ou, como quem diz, restos de Sábado à noite. Não faço ideia se houve pôr-do-sol e esta foto nem é de hoje, estava só por aqui perdida no telefone…

Foi só uma hora, mas parece que todo o meu relógio biológico interior fica desregulado e desacertado, sem se saber acertar durante o dia, fico cansada e embirrante! Sei mesmo que vou demorar uns dias a voltar ao meu normal e perder o jet lag – coisa de gente fina – da mudança de hora.

Sou só eu assim?

Rita Leston. E Então?