Amanhã eu volto.

Hoje não estou cá. Fui ali sozinha acompanhada de mim. Ausentei-me comigo e sentei-me num canto sossegada. Onde as palavras não apetecem e o silêncio ecoa. Onde a luz se apaga e o escuro se impõe. Hoje não estou cá. Deixei-me aqui e fui lá. Sozinha sem o meu eu. Acompanhada da escuridão e da…

Por Rita Leston 28 de Novembro, 2021 0

Do you remember?

E o que é que, hoje, te faz estar vivo? O que é que te acelera, hoje, o coração? O que, agora neste preciso momento, te dá vontade de correr e agarrar? Sabes? Lembras-te do que é uma vontade urgente? O que é que, hoje, te faz correr o sangue nas veias? O que é…

Por Rita Leston 24 de Novembro, 2021 0

Fazes-me rir!

Fazes-me rir! Fazes-me rir com vontade logo ao acordar. Fazes-me rir só porque sim. Colocas-me um riso na alma e no mais profundo de mim. Fazes-me rir quando sei o teu riso endiabrado. Fazes-me rir quando me trazes o teu lado de miúdo. Colocas um sorriso nos meus olhos. Colocas o riso dentro do meu…

Por Rita Leston 22 de Novembro, 2021 0

Fui mais eu.

Fui mais eu quando me deixei de preocupar com o que pensavam. Fui mais eu de cada vez que fiz mais uma tatuagem, pintei o cabelo de uma cor diferente ou fiz um corte de cabelo louco. Ou de cada vez que olharam de lado para as minhas botas da tropa ou qualquer roupa que…

Por Rita Leston 18 de Novembro, 2021 0

Dias. Assim.

Dias em que apetece calar o mundo. Baixar o volume de tal forma para que ele não faça qualquer som, nem te devolva qualquer eco. Dias em que te apetece parar o mundo. Dizer para ele parar de rodar, colocá-lo em pausa e fazer com que nada, nem ninguém se mova. Dias em que te…

Por Rita Leston 15 de Novembro, 2021 0

Amo como o mar

Amo como as ondas do mar. De uma forma revolta e sem volta. Ou numa calmaria que arrepia. Amo como o mar. De maneira intensa e desassossegada. De maneira que nem pensa e cadenciada. Amo como se vê o mar. De um modo infindo e infinito. De um modo imenso e sereno. Amo como se…

Por Rita Leston 14 de Novembro, 2021 0

Por dentro. De dentro.

É este o teu poder: tocares-me sem sequer me tocares. Teres a capacidade de me arrepiar ao longe. De me inebriar com um abraço. De me desinquietar quando me olhas com um sorriso. De me leres a alma quando me olhas nos olhos. De me desassossegar só por te tocar. De me sossegar só por…

Por Rita Leston 11 de Novembro, 2021 0

Entre vidas

Entre patamares. Algures no vão da escada, à espera de subir ou de descer. Não sabendo se viro as costas e saio porta fora ou se subo e entro de rompante. Sem saber se fico ou se me ausento. Se aguardo ou se desisto. Algures a meio da subida ou no intermédio da descida. Virada…

Por Rita Leston 10 de Novembro, 2021 0

Acreditar ou ter juízo?

Acreditas que tudo acontece por uma razão? Que o que é teu, teu será? Que o que te está destinado, já está à tua espera? Que aquilo que tens de passar, é para aprenderes a lidar com algo que ainda há-de chegar? Que é isso que te forma, que te ensina, que te faz crescer,…

Por Rita Leston 9 de Novembro, 2021 0